quarta-feira, 30 de novembro de 2016

"A nossa liberdade é o que nos prende."



Um ilustre leitor, nos perguntou: “Você sai com outros homens? Você deixa seu marido sair com outras mulheres? Como fica o sentimento? Não existe o risco de se apaixonar?”
Achamos a pergunta muito interessante. Não nos consideramos muito evoluídos. Acho até que somos um casal pra lá de comum. Temos nossos ciúmes. Eu, mais que meu marido. Mas, somos adultos.
Não sabemos ao certo se somos adeptos do Cuckold ou do Poliamor. Estamos na divisória entre um e outro. Mas, acho que a melhor resposta para essa pergunta, quem pode dar não somos nós. Deixaremos que Jota Quest com sua música “Mais uma vez” fale por nós:

“Te tenho com a certeza
De que você pode ir
Te amo com a certeza
De que irá voltar

Pra gente ser feliz
Você surgiu e juntos
Conseguimos ir mais longe
Você dividiu comigo a sua história

E me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois
A nossa liberdade é o que nos prende

Viva todo o seu mundo
Sinta toda liberdade
E quando a hora chegar, volta...
Que nosso amor está acima das coisas desse mundo
Vai dizer que o tempo

Não parou naquele momento
Eu espero por você
O tempo que for
Pra ficarmos juntos
Mais uma vez

Te tenho com a certeza
De que você pode ir
Te amo com a certeza
De que irá voltar

Pra gente ser feliz
Você chegou e juntos
Conseguimos ir mais longe
Você dividiu comigo a sua história

E me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois
Vai dizer que o tempo
Não parou naquele momento

Eu espero por você
O tempo que for
Pra ficarmos juntos
Mais uma vez

(não parou naquele momento
eu espero por você
o tempo que for
nos vamos estar juntos...
mais uma vez)”

Paraíso a 5.



Olá, pessoal. Hoje, mais uma vez, vou falar sobre nosso projeto de verão. Queremos sair a 5 para uma casa de veraneio alugada e ratear os custos de 2 dias. Vai ter piscina, churrasco, praia, muitas histórias, jogo de baralho pra quem gosta e claro... um amor gostosinho pra quem ficar no clima.
Eu não bebo, mas meu maridinho vai levar o Wisky dele. Quanto mais ele bebe, mais soltinha eu fico. Então, já viu que é projeto só pra casal e solteiro TOP. Vamos pegar um bronze, o single passa protetor em mim.
Vamos levar uma boa música pra curtirmos um ambiente. Se o casal for iniciante, um mesmo ambiente... ou o casal pode assistir o solteiro comigo. Ou seja, é o programa perfeito pra casal iniciante, que pode ir, fazer amizade e só assistir.
Cada um tem seu quarto. Meu marido faz o churrasquinho que ele gosta. Levamos também uma cervejinha pra quem gosta. Serão dois dias relaxando com um visual maravilhoso de Maricá – RJ.
Só vamos pedir que se combinarmos com você, não haja furo porque teremos que pagar adiantado do nosso bolso a casa e a comida. Então, tem que ser na confiança. Procuramos selecionar pouquíssimas pessoas pra essa fantasia. Rolando afinidade, repetiremos mais vezes com as mesmas pessoas.


terça-feira, 29 de novembro de 2016

Dica de filme

Olá, pessoal. Estou aqui para sugerir um filme que nos foi sugerido em comentários do blog. O filme se chama “Ninfomaníaca”. Na verdade, são dois filmes, pois também existe a continuação “Ninfomaníaca 2”.
Apesar do nome um tanto “pesado”, na verdade o filme tem um nível bem elevado. Não é um filme pornô. Trata-se de uma ficção com uma abordagem polida e repleta de comparações e analogias históricas, científicas e culturais pra lá de interessantes.
Não diria que seja um filme que tenha como objetivo nos excitar. Mas, nos faz refletir bastante sobre pontos de vista que nunca havíamos pensado antes. Aborda fetiches mais pesados sim e nem por isso deixa de ser muito rico em informação e instigante.
Acho que é um bom filme pra quem já tem uma mente aberta. E um ótimo pra quem quer abrir a mente um pouco mais. Muitos pontos de vista expostos no filme vieram ao encontro dos nossos. Sendo assim, passou a ser filme referência para nós.
Importante notar que não temos identificação alguma com a história posta. Estou longe de ser “ninfomaníaca”. Mas, adoramos ver uma história bem construída e com argumentos tão sólidos para situações tão inusitadas.
Gente, vale a pena dedicar um tempinho pra assistir. Claro que temos muitos outros filmes que recomendamos. Esse em especial foi um dos últimos que assistimos e por isso estou falando dele. Mas pra quem gosta de filmes mais sensuais, recomendo a lista de filmes postada no blog do meu marido (casadosnapista.blogspot.combr).

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Receita romântica para preparar com o parceiro

Bacalhau desfiado com batatas ao murro
Ingredientes:
  • 500 g de bacalhau desfiado (já vendem pacotes dele dessalgado e desfiado – super prático)
  • 4 batatas inglesas (NÃO precisa descascar, sim, são rústicas)
  • 10 Azeitonas pretas, 2 cebolas, cheiro verde, cominho e sal a gosto
  • 3 ovos cozidos
Modo de fazer:
  • Enquanto um cozinha as batatas inteiras (bem lavadas) e com casca e, em outra panela, cozinha os ovos...
  • O outro vai preparando o bacalhau: acendendo o fogo, colocando na panela a cebola em rodelas, jogando um pouco de azeite e refogando o bacalhau que já está dessalgado e desfiado...
  • Após refogá-lo por uns 3 minutos, coloque a azeitona e os temperos a gosto, prove o sal, pois nem sempre vem totalmente dessalgado.
  • O responsável pelas batatas, vai verificar se as mesmas estão cozidas (enfiando uma faca para testar), descarte a água, pressione as batatas entre uma tábua e uma faca grande na horizontal para fazê-las “ao murro”.
Montagem:
  • Agora que está tudo cozido, ligue o forno pra já ir aquecendo;
  • Monte num pirex de vidro (sim, para ficar mais charmoso e para não arranhar seu tabuleiro): regue o pirex com azeite, uma camada de bacalhau, uma camada de batatas ao murro.
  • Coloque no forno para dourar a batata. Regue com mais azeite quando sair do forno, só neste momento coloque os ovos cozidos cortados. Bom apetite para os dois!!!

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Boquinha

Homenagem que recebi do meu marido hoje de manhã por email:


"Meu Deus que boquinha
Adoro essa linguinha
Com cara de levada, danada
Eu gosto assim
Meu Deus que boquinha
Adoro essa linguinha
Começou não para
Agora vou até o fim
Me usa, vem e se lambuza
Me beija, vem cá e abusa
Descendo pelo pescoço
Vem tirando a minha blusa
Adoro essa mão boba
Ousadia rolando solta
Se eu puxo o cabelo dela
A gatinha já vira loba
Adoro quando passa a unha
Me deixa arranhado, todo arrepiado
Me amarro quando ela sussurra
"Hoje fica tranquilo que eu faço o trabalho"
Começa beijando minha orelha
Já me provocando, falando gracinha
Enquanto ela se ajoelha
Já se preparando com aquela carinha
Meu Deus que boquinha
Adoro essa linguinha
Com cara de levada, danada
Eu gosto assim
Meu Deus que boquinha
Adoro essa linguinha
Começou não para
Agora vou até o fim"
 

 

Folha de amora - mulher poderosa!



Olá, pessoal. Nesse post pretendo deixar uma boa dica pras esposas melhorarem a estética e a saúde. Eu tenho bebido diariamente chá da folha de amora. E realmente tem sido gratificante.
Ao contrário do que andei lendo, não chega a ser um chá delicioso. Diria que não chega a ser desagradável. E se feito em associação com outros ingredientes como canela, cravo ou até mesmo misturado com chá de maçã, diria que chega a ficar agradável.
Os benefícios vão desde alívio da TPM, dores de cabeça, passando pelo controle da glicose, da hipertensão, melhora da pele e do cabelo e vão até o aumento da libido. Então, é dica certa para esposas liberais que pretendam ter uma vida sexual mais ativa.
Toda Hotwife tem por obrigação ser uma mulher autoconfiante e poderosa. E pra isso, precisamos nos sentir bem. Tem dias que acordamos e nos sentimos um lixo, não é verdade? Pois é, o chá de folha de amora tem diminuído a frequência desses dias.
É terrível ter um encontro marcado pra uma sexta a noite, e acordarmos justamente com essa sensação de que não valemos nem pra ser “peguete” eventual, quem diria amante fixa. Precisamos estar muito bem com a gente mesma, se quisermos agradar marido e amante. E daí vem essa minha dica.


Ciumenta eu?

Gente, estou sendo acusada de ser injusta com meu marido. Dizem que sou uma megera, mandona, que não deixa espaço para o meu marido se aventurar e que vive a vida ao seu jeito, impondo minhas condições unilateralmente ao meu marido. 
Pois bem, quero usar esse post para me defender. Se eu sou dominadora? Sim. Se eu sou ciumenta? Sim. Se eu sou egoísta e injusta? Não. Deixa eu explicar melhor. Tudo no meu casamento é feito de comum acordo, sem que ninguém saia se sentindo prejudicado. 
Entrei em acordo com meu marido, que é muito bom pra ele também. Eu sou livre pra ter meus casos fora do casamento. Faço isso porque gosto e sinto a necessidade mesmo de ter outro homem na minha vida.
Já no caso do meu marido, sua necessidade até existe. Mas é menor. Ele consegue ser fiel a mim, sem que isso seja tão complicado pra ele. 
Além disso, eu não fico perfeitamente confortável com a ideia dele ter outra mulher. Já ele, morre de tesão com a ideia de eu ter outro homem. Não é que ele permita que eu saia com outro. Nada disso. Ele incentiva, e chega a querer que eu tenha outro homem.
Então, diante de necessidades tão diferentes, nada mais justo que eu seja totalmente liberada. Já ele, precise de um pouco mais de restrição. Eu já deixei ele sair com mulher e com casal. Não é a regra. Mas, sou perfeitamente capaz de superar meu ciúme e deixar ele livre também. 
A única coisa que acontece é que no caso dele, tudo precisa ser bem esclarecido antes. Quero saber com quem ele pretende sair, ver se eu realmente vou deixar, e a qualquer momento, me sinto no direito de mudar de ideia e pedir que ele pare de sair. 
Em geral, ele praticamente não sai com ninguém. Ele é mais quietinho mesmo na dele. Mas, deixo aberta sim a possibilidade dele sair. Mesmo que isso não seja o que procuro. Sou madura o suficiente pra respeitar o espaço dele. 
Portanto, nosso relação é desigual? Sim. Ela é injusta? Não. Como já dizia Rui Barbosa: "Justo é tratar os iguais de forma igual e os desiguais, de forma desigual".